Cupom de desconto workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00
O Inbound Marketing tornou-se uma das estratégias mais promissoras dentro do ambiente digital, embora ele também possa ser aplicado em outras mídias e veículos tradicionais.

Inbound Marketing


A essência do método está em atrair leads (potenciais clientes) através do compartilhamento de conteúdo relevante.

Dessa forma, o Inbound se afasta do Outbound, também chamado de marketing tradicional, justamente pela ideia de trazer os usuários até a empresa, não o contrário.

Por conta disso, a estratégia é muito interessante para certos ramos profissionais, como é o caso do Direito, visto que o marketing jurídico possui algumas especificações determinadas pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Entre as recomendações, destaca-se o impedimento da publicidade invasiva para escritórios de advocacia. Sendo assim, a melhor estratégia é, de fato, focar na produção de conteúdo para conquistar a audiência.

No artigo de hoje, saiba como aplicar o Inbound Marketing em seu escritório e conheça os benefícios da estratégia. Acompanhe a leitura!

O que é o Inbound Marketing?


O Inbound Marketing consiste em um agrupamento de técnicas, que tem como objetivo a produção e o compartilhamento de conteúdo relevante, voltado a um público-alvo particular, com a intenção de conquistar o potencial cliente e criar um relacionamento saudável.

Isso quer dizer que, ao invés de um anúncio com a promoção de um anel de ouro feminino delicado, o Inbound irá se concentrar na elaboração de um artigo para blog sobre o assunto, ou até mesmo outra temática que seja interessante para a audiência.

Embora não exclusivo da internet, o método encontrou um campo fecundo para se desenvolver, devido à multiplicidade de plataformas disponíveis para o compartilhamento de materiais interessantes, como os blogs, redes sociais, sites, e-books, entre outros.

A intenção do Inbound é apresentar soluções para os clientes e, assim, transformá-los em promotores da marca.

Por isso, a estratégia trabalha com três pilares: a atração, a conversão e o encantamento.

Quais as principais características do Inbound?


Já que a principal característica do Inbound é a oferta de conteúdo relevante ao público-alvo, a estratégia permite uma abertura maior de relacionamento com o cliente, visto que a comunicação é muito mais aberta.

Afinal de contas, uma empresa de reciclagem de papel, por exemplo, pode produzir um blog post tratando sobre a importância do reaproveitamento de materiais.

Quando o usuário se mostrar interessado, compartilhar novos materiais ainda mais aprofundados (e-books, webinars, etc).

Logo, dentre as principais características do Inbound Marketing, podemos citar:

  • Produção de conteúdo informativo e relevante;
  • Comunicação aberta com o público-alvo;
  • Diversificação de materiais;
  • Construção de um relacionamento contínuo;
  • Interação constante e maior engajamento.

Alguns dados sobre o Inbound Marketing mostram o quanto a estratégia tornou-se fundamental para o sucesso das empresas, principalmente no ambiente digital.

Segundo o iMedia Connection, 60% dos compradores têm um posicionamento mais positivo sobre uma marca após consumir seus conteúdos.

Além do mais, 75% das empresas que aplicam o Inbound acreditam na eficiência dos resultados, conforme aponta o HubSpot.

Como usar o Inbound Marketing para escritórios de advocacia?


O Inbound tem se mostrado muito eficiente para todos os tipos de negócios - desde uma empresa de desinfetante B2B (Business to Business), até e-commerces.

Diante disso, outros ramos passaram a conhecer a metodologia e aplicá-la nas estratégias de marketing, como é o caso dos escritórios de advocacia.

Como dissemos, uma das características mais importantes na comunicação e marketing jurídico é não realizar propagandas diretas, uma vez que isso é considerado antiético pelo Código da OAB.

Entretanto, visto que o Inbound tem foco na produção de conteúdo, o método se mostrou bastante eficiente para advogados, podendo ser usado de várias formas.

Abaixo, confira as dicas para usar a estratégia em seu escritório.

1 - Marketing de conteúdo


Como o próprio nome sugere, o marketing de conteúdo é uma técnica de criação de materiais informativos, com o intuito de informar, educar e orientar o público-alvo a respeito de um determinado assunto - em geral, relacionado com o nicho de atuação das empresas.

Por exemplo, ao tratar de reforma de varandas, o marketing de conteúdo pode produzir um catálogo informativo com dicas de como iniciar a construção, referências de decoração e design, entre outros.

O marketing de conteúdo é considerado uma prática muito saudável, pois além de não ser invasivo, ele é capaz de gerar valor para a audiência.

Ou seja, entra nos parâmetros impostos pelo Código de Ética, ao mesmo tempo em que constrói uma ótima relação com o público-alvo.

De acordo com dados da Content Trends, o marketing de conteúdo é capaz de gerar 4 vezes mais visitantes no seu site e, em média, 5 vezes mais leads.

2 - SEO (Search Engine Optimization)


O SEO, ou otimização para os mecanismos de busca, consiste em um conjunto de técnicas de marketing, com o intuito de melhorar a classificação dos sites nos buscadores, especialmente no Google.

A estratégia anda lado a lado com o marketing de conteúdo, uma vez que a oferta de materiais informativos é um dos fatores principais de rankeamento. Por isso, é comum que na produção de artigos, utilize-se algumas técnicas de SEO.

Entre elas, destaca-se o emprego de palavras-chave, que são os termos mais procurados no Google.

Mais ainda, é preciso usá-las dentro de um contexto, para que faça sentido ao leitor e, ao mesmo tempo, influencie na classificação. Observe:

“A impressão de cardápios é essencial para os restaurantes que desejam se destacar dos concorrentes e proporcionar comodidade aos seus consumidores”.

Na frase acima, o termo destacado é a palavra-chave. Percebe-se que ela é inserida de modo natural no período, para que o usuário não tenha sua experiência de leitura prejudicada.

Para os escritórios de advocacia, o emprego do SEO ajuda o público-alvo a encontrar informações a respeito da área do Direito.

Além dos mais, quanto melhor é a classificação do site, maior é o reconhecimento da sua página web.

Afinal de contas, as pessoas tendem a confiar no rankeamento do Google. Por esse motivo, aparecer entre os primeiros resultados de pesquisa é a chance para obter destaque com as estratégias de Inbound Marketing.

3 - Automação de marketing


Diferentemente do Outbound, em que um grande painel de publicidade é suficiente para atrair uma certa audiência, o Inbound foca na nutrição dos leads.

Por isso, a oferta de conteúdo é periódica, como uma forma de “alimentar” os usuários com informações novas

Diante disso, uma das estratégias é o envio de mensagens por e-mail, em uma prática conhecida como “e-mail marketing”. Assim, o seu escritório passa a ser lembrado pelos usuários, pois cria-se um relacionamento saudável e duradouro.

Entretanto, é preciso que essas mensagens sejam personalizadas e direcionadas. Mandar informações de como conseguir uma chave com chip pode não surtir efeitos se o assunto não é importante para o público, por exemplo.

Sendo assim, o primeiro passo é fazer um levantamento das demandas do público.

Posteriormente, a aplicação de ferramentas de automação de marketing auxiliam a seccionar a lista de contatos, conforme as preferências, e até deixar as mensagens personalizadas.

Com isso, a proximidade com os clientes é ainda maior. Afinal de contas, as pessoas se sentem valorizadas quando recebem uma mensagem que as chama pelo nome, compreende seus problemas e oferece soluções assertivas.

Só o Inbound Marketing pode ser usado nos escritórios de advocacia?


Embora a estratégia seja muito efetiva na divulgação e relacionamento com os clientes, além de respeitar os parâmetros impostos pelo Código de Ética da OAB, muitos advogados têm dúvidas se o Inbound é a única técnica que pode ser aplicada nos escritórios.

A resposta é não. Contudo, vale pontuar que no emprego de outros métodos, como o Outbound, é preciso ter atenção para não ferir nenhuma norma.

Por exemplo, a publicidade invasiva e sensacionalista é proibida.

Entretanto, os escritórios podem imprimir o logotipo em porta papel de acrílico, sendo uma técnica de marketing visual extremamente eficiente para construir a identidade da marca.

Em casos de dúvidas, o melhor a ser feito é procurar uma agência especializada em marketing jurídico, para repassar todas as orientações e planejar estratégias direcionadas, legalizadas e com ótimos resultados.

Conclusão


A popularidade do Inbound Marketing cresce a cada dia, muitas vezes acompanhando a expansão da internet e dos ambientes digitais.

A estratégia focada na atração de clientes através da oferta de conteúdo tornou-se muito bem vista por inúmeros segmentos, inclusive no âmbito do Direito.

Isso porque ela permite o compartilhamento de informações relevantes com o público-alvo, fazendo com que os escritórios de advocacia ganhassem reconhecimento.

Por isso, vale a pena aplicar o Inbound Marketing em seu escritório de advocacia, sem esquecer de uma boa orientação e planejamento da estratégia.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem