10 erros mais comuns em uma estratégia de SEO

Erros no SEO podem impedir que a sua estratégia de SEO tenha sucesso e prejudicar seu posicionamento nos buscadores. Afinal, técnicas de otimização bem empregadas fazem toda a diferença na construção do seu conteúdo e fortalecem a sua marca. 

SEO

Por outro lado, más práticas de SEO podem ser punidas pelos algoritmos e não trazer bons resultados para a estratégia da sua empresa

O SEO (Search Engine Optimization, ou “otimização para motores de busca”, em português) é um conjunto de práticas que tem como objetivo posicionar uma determinada página entre os primeiros resultados nos buscadores, como o Google.

Para isso, é preciso que sejam feitos o uso de diversas técnicas que são consideradas positivas para o algoritmo e para que seu conteúdo se destaque em meio a tantos outros sites que atuam no mesmo nicho que o seu.

Por exemplo, se você produz um conteúdo sobre sementes de grama, é preciso que o conteúdo seja atrativo e siga boas práticas de SEO para que ele se destaque no meio dos outros conteúdos sobre o mesmo tema.

Por esse motivo, elaboramos este artigo com os erros mais comuns a serem evitados, para que você obtenha sucesso na hora de produzir seus conteúdos. Acompanhe a leitura!

Erros mais comuns para não cometer na sua estratégia SEO


Para elaborar uma estratégia certeira, é importante que você fique bem longe de cometer esses erros no SEO. Confira os 10 erros mais comuns a seguir: 

1 - Uso de palavras-chave erradas


A escolha das palavras-chave corretas é fundamental para que a sua estratégia funcione e traga bons resultados.

Para que isso não aconteça, é necessário que você faça a escolha de palavras-chave que as pessoas mais utilizam nos mecanismos de busca, para que a sua página seja encontrada pelas pessoas.

Daí a importância de fazer o uso de ferramentas de planejamento de palavras-chave.

Por exemplo, se você está fazendo um conteúdo sobre vinhos, talvez seja interessante que você construa um texto mais aprofundado e fale sobre vinho suave bom.

Assim, a chance das pessoas encontrarem o que você produziu é muito maior do que somente com a palavra “vinho”, já que esta é muito abrangente e pouco direcionada.

2 - Conteúdo de baixa qualidade


De nada adianta você ter tanto trabalho para produzir um conteúdo se ele não tiver uma boa qualidade. Hoje em dia, os buscadores já são muito avançados e percebem quando a sua produção tem uma baixa qualidade.

Os mecanismo de busca podem entender como conteúdos de baixa qualidade:

  • Textos copiados de site externos;
  • Textos duplicados do seu próprio site;
  • Textos com informações irrelevantes;
  • Textos com poucas palavras.

Logo, seus conteúdos devem ter informações relevantes e originais, que agreguem conhecimentos aos seus leitores. 

3 - Não utilizar imagens


Pode parecer que usar imagens não muda nada na sua estratégia, mas a verdade é que acrescentá-las ao seu conteúdo, enriquecerá ainda mais a sua produção.

Porém, ao usar alguma imagem na sua publicação, você precisa atentar-se ao SEO e otimizá-la usando um texto alternativo com a palavra-chave do seu conteúdo para conseguir um bom desempenho nas buscas.

Da mesma forma, o uso desse recurso ajuda as pessoas a entenderem melhor sobre o assunto abordado. Por isso, não deixe de usar o recurso alt text para que os mecanismos de busca encontrem seu site.

Assim, para uma pessoa que procura por tela de janela nos buscadores, o ideal é que no conteúdo tenha imagens relacionadas para que ela possa entender melhor sobre o tema. 

4 - Não utilizar links


Incluir links internos e externos também é uma boa prática de SEO, e deixar de colocá-los também é um erro da sua estratégia.

O seu conteúdo deve conter links que permitam que seus visitantes naveguem entre as páginas, se estes estiverem gostando do seu material.

Dessa maneira, você consegue atrair os usuários para outras publicações que precisam de mais visibilidade usando a linkagem interna. Além disso, use também links externos que sejam sobre o seu conteúdo e agreguem à sua postagem.

Se você produzir um texto sobre forma de chocolate, por exemplo, é interessante acrescentar links de páginas externas e também links da sua própria página que tenham relação com o tema, dessa forma, o usuário fica entretido e navega mais pelo seu site.

Porém, atenção: não utilize links demais ou coloque-os de maneira forçada, pois isso pode atrapalhar seu ranqueamento.

5 - Conteúdo não compatível com dispositivos móveis


Para se construir conteúdo atualmente, é preciso levar em consideração a experiência do usuário e pensar que grande parte do público acessa os sites por dispositivos móveis.

Nesse sentido, outro fator que merece atenção é em relação ao conteúdo responsivo.

O que você produz precisa se adaptar a diferentes modelos de dispositivos móveis como celular ou tablet, isto é, o seu website tem que ser compatível com esses aparelhos para os seus visitantes terem uma melhor navegação na sua página.

Isso é importante por que grande parte das pessoas acessam os sites de aparelhos móveis.

Se você vende vinho tinto encorpado, por exemplo, é interessante que seu site tenha um bom desempenho de página em celulares também, já que muitas pessoas realizam suas compras por esse tipo de aparelho.

6 - Site com carregamento demorado


Seguindo ainda o pensamento de pensar na experiência do usuário, outro ponto a ser observado é o tempo que sua página demora para carregar. Isso também afeta o seu ranqueamento, além de ser mais um grande erro no SEO.

Se seu site é muito lento para carregar, isso gera uma decepção no seu usuário e ele pode até desistir e procurar o que deseja no site da concorrência.

Você pode, inclusive, perder a oportunidade de vender seus produtos e serviços. Imagine a seguinte situação: uma pessoa está em busca de um estabelecimento que fornece marmitas para empresa e entra no site deste estabelecimento.

No entanto, ele demora muito para carregar, o usuário está com muita pressa e fica decepcionado com o serviço e abandona o site e, assim, a sua empresa perde um futuro cliente. 

7 - Não fazer uma boa meta-description


Sabe aquelas quatro linhas que aparecem embaixo do título dos resultados de busca quando você pesquisa alguma coisa no buscador? Então, ela chama-se meta-description (ou meta descrição) e é importante para a sua estratégia.

Ela tem como função atrair o visitante, por isso, deve ser bem escrita como um resumo do que o usuário irá encontrar naquela página e, assim, atraí-lo para clicar e acessar seu conteúdo.

Além disso, uma dica é que se você inserir a palavra-chave do seu conteúdo na meta-description ela aparece em negrito, o que é de grande auxílio uma vez que chama a atenção do usuário e pode até aumentar o número de visitas do seu site.

Dessa forma, ao produzir um conteúdo sobre pulseira de tecido para eventos, você deve fazer a meta descrição que seja uma síntese sobre o tema e que contenha a palavra-chave escolhida para chamar mais a atenção dos usuários e aumentar o tráfego do seu site.

8 - Não colocar title tag


Esse é um erro bem comum. A title tag é um código de HTML da sua página que representa o título. Ele é um fator importante da sua otimização de SEO on page e bastante relevante também para que os mecanismo de busca encontrem seu conteúdo.

Além disso, sua title tag deve ser otimizada, portanto, ela deve conter a palavra-chave do seu conteúdo, sendo recomendado que você não ultrapasse 60 caracteres. Quando a tag é muito grande, aparece reticências no final, o que pode afetar seu ranqueamento.

De preferência escolha uma title tag que chame a atenção do usuário e gere interesse nele para clicar no seu link.

9 - Não usar o Google Search Console


O Search Console é um recurso que ajuda na sua estratégia, com ele você tem acesso a diversas informações que mostram o que e quais são os problemas do seu site.

Através dela, você tem acesso a relatórios que te mostram informações como:

  • As palavras-chaves mais usadas;
  • Reconhecimento de erros no seu HTML;
  • Identificação de melhorias no seu SEO;
  • Problemas que atrapalham o carregamento da sua página.

Configurando corretamente essa ferramenta você terá acesso a relatórios completos que irá te ajudar na construção da sua estratégia evitando que você cometa mais erros no SEO.

10 - Não usar a redes sociais


Uma grande oportunidade de promover um conteúdo é compartilhá-lo nas redes sociais como Facebook, Twitter, Instagram, entre outras. Elas podem ser impulsionadoras do seu conteúdo, atraindo os visitantes para a sua página.

Além disso, divulgando nas redes sociais, o conteúdo pode chegar em grandes sites, o que pode gerar links externos para o sua página.

Por isso, divulgue seus conteúdos nas redes sociais e invista no que elas podem te oferecer, além de usar a linguagem de cada uma delas a seu favor.

Se você, por exemplo, for divulgar um conteúdo sobre vinho góes suave no Instagram, produza uma boa foto que chame a atenção do usuário que certamente ele irá clicar no link e acessar a sua página.

Logo, ficou claro que ter uma boa estratégia de SEO é fundamental para o sucesso da sua empresa e, por esse motivo, você deve ter conhecimentos nessa técnica e procurar produzir seus conteúdos sem erros, uma vez que isso pode dificultar a sua estratégia de marketing.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.