Marketing digital médico: como fazer?

O mundo vem passando por intensas transformações, e hoje a comunicação já não pode ser imaginada sem a ajuda da internet, das redes sociais e de toda a interação possibilitada pelo ambiente virtual. O marketing digital médico, assim como qualquer outro, serve para posicionar uma marca e divulgar o trabalho de consultórios.

Marketing digital médico

É preciso saber que clínicas médicas são, acima de tudo, empresas e espaços que precisam de uma divulgação adequada de seus serviços e posicionamentos. Nesse sentido, quem investe em marketing digital médico se consolida e fica à frente da concorrência em múltiplos ambientes.

Como investir em marketing digital médico?


Se você ainda resiste à comunicação online e as redes sociais, saiba que está perdendo tempo e está na hora de mudar isso. Aprendendo sobre marketing digital médico, você só tem a ganhar: não são apenas números e clientes, mas autoridade e reputação também contam muito na hora de escolher por um serviço.

As redes sociais hoje não são mais somente um espaço de lazer e descontração: elas influenciam e determinam o que as pessoas querem aprender, buscar, entender, comer, vestir, usar ou confiar. Assim sendo, existem algumas técnicas do marketing digital médico que podem ser adotadas por clínicas e consultórios que desejam se posicionar de maneira efetiva:

  • Criação de um blog bem escrito sobre o assunto;
  • Investimento em posts atrativos para redes sociais;
  • Conhecimento em técnicas de SEO;
  • Desenvolvimento de um design atrativo e bem-feito;
  • Criação e geração de conteúdo de qualidade.

A aplicabilidade do marketing digital e suas vantagens


Em geral, quando não se conhece o suficiente para fazer uma “solução caseira” de marketing digital, o investimento em profissionais capacitados do mercado da comunicação é uma medida a ser considerada.

Por exemplo, um site de seu consultório, com layout atrativo, que inclua ali um blog com geração de conteúdo periódico e bem escrito pode abraçar um nicho específico do público que você deseja atrair. Além dessa conquista de novos clientes e pacientes, o marketing digital médico também age para fidelizar e manter parceiros antigos.

A produção do conteúdo do blog e das redes sociais, além de ser interessante ao público-alvo e com uma adoção de linguagem apropriada, também pode ser sustentável, informativa e inclusiva. Em plena era da desinformação e das fake news, incentivar o esclarecimento de dúvidas e ofertar o próprio conhecimento médico na internet ao serviço da comunidade é uma atitude que só tem a agregar ao perfil de um consultório, bem como fortalecer sua identidade online.

Não se esqueça, também, de ficar de olho nas regras do Conselho Federal de Medicina, que criou normas para a publicidade médica. Todos os profissionais de medicina devem segui-las na divulgação de seus serviços.

Assim sendo, o marketing digital médico deve ficar atento para não compartilhar informações sensacionalistas, divulgar falsas especialidades, não realizar consultas remotas ou divulgar aparelhos e preços para atrair novos clientes. O cuidado deve ser tomado para que o conteúdo de qualidade seja também respeitoso para com o profissional da saúde e para com os que consomem o conteúdo gerado.