Internet das Coisas: conheça mais sobre o tema

Quando pensamos em Internet das Coisas, logo nos vêm à mente algumas aplicações mais simples ou então aquelas que não definem muito bem o que é, de fato, essa tecnologia.

Internet das Coisas

Ela tem se tornado cada vez mais comum, por isso temos ouvido falar a seu respeito com frequência. Na verdade, já faz parte do nosso dia a dia, e muitas vezes não nos damos conta disso.

O fato é que a Internet das Coisas (IoT) está trazendo muitas vantagens para a sociedade e sua evolução é contínua, um ciclo de transformações que aproxima cada vez mais o mundo real e o mundo digital.

A revolução tecnológica a qual estamos vivenciando tem como objetivo promover a conexão de tudo o que nos rodeia.

Um exemplo claro da presença dela é quando usamos um aplicativo de trânsito que nos fornece informações em tempo real sobre a situação do tráfego, melhores rotas, etc.

Sua TV também já não é mais a mesma, pois ela permite que você acesse lojas e faça suas compras pelo próprio aparelho, desde que conectado à uma rede de internet.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é Internet das Coisas, como surgiu, dar alguns exemplos de sua aplicação nas empresas e quais benefícios ela tem trazido para a sociedade. Acompanhe a leitura!

Afinal, o que é Internet das Coisas?


IoT, sigla para Internet of Things, é uma tecnologia que permite a conexão entre objetos, usuários e a internet. Faz isso por meio de recursos como bluetooth, GPS e outros softwares que transmitem dados para a rede.

De forma resumida, é a conexão de objetos que usamos no dia a dia com a internet. Por meio dela, o controle de portão automático, por exemplo, fica a cargo de dispositivos como tablets e smartphones.

A única exigência é que você esteja conectado a uma rede 3G ou 4G, mas muito além do portão da sua casa, você também pode controlar sua geladeira, máquina de lavar e outros equipamentos, como:

  • Ar-condicionado;
  • Fechaduras;
  • Aspirador de pó;
  • Geladeira;
  • Lâmpadas;
  • Entre outros.

Esse conceito surgiu devido a vários avanços em diferentes áreas tecnológicas, mas seu nome só apareceu em setembro de 1999, por Kevin Ashton.

Além de ser usada nas residências, essa tecnologia também tem sido usada pelas empresas em muitos de seus processos.

No próximo tópico, nós vamos mostrar alguns exemplos de como a IoT é utilizada no cotidiano de empresas.

Exemplos de uso da Internet das Coisas


Hoje em dia, qualquer coisa pode ser conectada à internet, mas nem todas são necessárias. O principal objetivo dessa tecnologia é facilitar a vida das pessoas, tornando o dia a dia mais simples, automatizando algumas tarefas.

Por exemplo, podemos automatizar o aquecedor de piscina portátil para que ele esquente a água somente no período da noite.

Ou ainda, podemos programar o aspirador de pó para que ele realize a limpeza na parte da manhã. A iluminação da sua casa pode variar de acordo com a hora do dia e as lâmpadas podem se apagar automaticamente quando você sair para o trabalho.

É possível, inclusive, programar o seu ar-condicionado para que ele ligue na temperatura que você mais gosta alguns minutos antes de você chegar em casa.

Seu lar estará sempre protegido de algumas situações. Por exemplo, em casos de vazamento de gás, o fogão corta o fornecimento do químico imediatamente e avisa a companhia.

Dentro das empresas, como no caso de um laboratório, os freezers onde são armazenadas vacinas e outros medicamentos que dependem de refrigeração, avisaram o fabricante em caso de defeito na automação.

Um trator automatizado pode fazer todo o trabalho de um funcionário enquanto ele está ausente, garantindo uma produção ininterrupta, mesmo à noite. Tudo isso é feito via satélite e usando apenas os recursos necessários.

Os hospitais também podem se beneficiar por meio de smartwatches que mostram os sinais vitais de cada paciente, facilitando o atendimento, principalmente, em situações de emergência.

Portanto, além de você poder usar a Internet das Coisas para controlar a iluminação do seu pendente de luz e de outros objetos de sua casa, as empresas podem usá-la de muitas maneiras. Dentre os setores que mais utilizam estão:

1 - Fábricas


As fábricas utilizam sensores embutidos nos equipamentos para saber como está a produtividade, se existem problemas e até mesmo para rastrear recursos.

Tudo isso e muito mais é feito em tempo real, o que torna o trabalho dentro dessas organizações mais eficiente e reduz os custos envolvidos.

2 - Transporte público


É possível saber a localização dos ônibus usando o smartphone ou telas instaladas nos terminais. Mas além de ter essas informações em mãos, as companhias também podem usar a IoT para outras finalidades.

Por exemplo, é possível saber se os ônibus estão com algum problema mecânico, se os horários estão sendo cumpridos e o que fazer para reverter algumas situações.

3 - Hospitais e clínicas


É possível aplicar a IoT ao sistema de segurança residencial, mas também a dispositivos móveis que permitem aos médicos acompanharem as condições de saúde de seus pacientes a distância.

É possível, por exemplo, acompanhar batimentos cardíacos, fazer coleta de sangue, saber a temperatura corporal do paciente, entre muitos outros.

Os resultados são enviados para um sistema que controla essas informações, facilitando o atendimento nesses ambientes.

4 - Lojas


As lojas podem usar prateleiras inteligentes e dispositivos de monitoramento que lhes permitem controlar seu inventário.

A tecnologia também pode ser usada para monitorar os produtos que são mais vendidos, ajudando a marca a conhecer as preferências de seus clientes. Isso, por fim, valoriza suas estratégias de marketing e vendas.

5 - Serviços públicos


Muitos serviços públicos prestados pelos governos do estado e prefeituras podem ser facilitados por meio da IoT.

Exemplos disso são a facilidade na coleta de lixo, monitoramento do trânsito e outras necessidades inerentes ao dia a dia de uma cidade.

6 - Agropecuária


A Internet das Coisas pode fazer com que sensores meçam a umidade do ar e a temperatura da plantação para saber se é necessário irrigá-la.

A previsão do tempo também é possível, o que ajuda a economizar água, consequentemente fazendo com que a agropecuária se torne mais sustentável e econômica.

Benefícios para a sociedade


Agora que você já sabe que pode usar a IoT em uma camera de segurança residencial interna e viu alguns modos de como ela é aplicada pelas empresas, chegou o momento de apresentar suas vantagens.

Neste ano de 2020, a previsão era de que mais de 26 bilhões de dispositivos estivessem conectados, mas há indícios de que em 2025, seja de 100 bilhões.

Esses números pertencem aos países desenvolvidos, assim como para o Brasil, que é considerado um dos países mais conectados do mundo.

Inclusive, ele figura entre as nações que mais apoiam a Internet das Coisas, isso porque os brasileiros reconhecem os benefícios da IoT no dia a dia.

As pessoas e as empresas, como as que trabalham com protocolo de qualificação de operação, têm mais segurança em suas casas e estabelecimentos, uma vez que podem controlar a fechadura automaticamente.

Vários problemas podem ser identificados, tanto no que diz respeito à manutenção de equipamentos, falta de estoque e até situações de saúde.

O gerenciamento de resíduos se torna muito mais fácil, bem como fazer esse trabalho dentro dos parâmetros da lei, quando a IoT está presente na infraestrutura das cidades.

As pessoas e as empresas são incentivadas a usarem recursos renováveis de maneira mais eficiente, como no caso das redes elétricas inteligentes.

Dessa forma, fica mais fácil preservar o meio ambiente e evitar danos ao ecossistema, que muitas vezes, podem ser difíceis de reverter.

O tempo necessário para as tarefas da vida pessoal e profissional também é otimizado, pois a IoT permite, por exemplo, a realização de tarefas remotamente.

Da mesma forma, o consumo de combustível e o tráfego no trânsito podem diminuir drasticamente, além disso, os reparos que precisamos fazer nos veículos têm um cronograma otimizado, evitando problemas mecânicos.

O sistema de cartão de ponto das empresas pode prestar informações adicionais acerca do horário de trabalho dos colaboradores.

Além disso, a Internet das Coisas traz muitas vantagens econômicas por conta da análise de dados de transmissão resultante.

Conclusão


Vimos apenas alguns dos benefícios que a IoT pode trazer para sociedade como um todo, incluindo as pessoas e as empresas.

O fato é que ela pode se estender a tudo o que desejarmos. Pode até parecer algo futurístico, mas não é. Prova disso é que achamos comum, hoje em dia, receber um alerta sobre um item que está faltando na geladeira, diretamente no celular.

Essa situação parecia impossível há 20 anos, mas hoje ela está ao nosso alcance, assim como uma impressora uv led e tantas outras tecnologias importantes. É uma maneira inteligente de aprimorar o nosso dia a dia e ter mais qualidade de vida.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.