9 pontos turísticos para visitar em Aracaju

Cidade costuma não aparecer na rota dos principais destinos a serem visitados no Nordeste, mas deveria.

Sergipe é o menor estado do Brasil, sendo um dos menos conhecidos também. No entanto, quem nunca pensou em visitar Aracaju está perdendo a oportunidade de curtir um destino tranquilo, com uma culinária marcante, muita cultura e diversidade de belezas naturais.

Pontos turísticos para visitar em Aracaju

Em apenas três ou quatro dias, é possível conhecer as principais atrações turísticas, incluindo uma das orlas mais bonitas do Brasil. Ficou com vontade de ir até lá? Saindo da Rodoviária de Salvador, há vários ônibus para a capital do Sergipe.

Como um roteiro é parte essencial de qualquer viagem de sucesso, fizemos uma lista com algumas sugestões de passeios que você deveria incluir nos seus planos. Difícil vai ser não querer ir em todos.

Mercado Municipal Antônio Franco


Ótimo local para comprar lembrancinhas e produtos típicos da região para levar para casa, o Mercado Municipal de Aracaju é uma parada obrigatória para qualquer turista. Se for visitá-lo na hora do almoço, aproveite para experimentar algum prato da culinária do estado, na parte de cima, com vista para o Rio Sergipe.

Orla de Atalaia


Além de passar um dia na praia de águas mornas e tranquilas, você pode caminhar pelo calçadão. Há vários bares, restaurantes e locais propícios para a prática de exercícios ao longo dos seis quilômetros de extensão. Lá, ficam os famosos Arcos de Atalaia e o letreiro com o nome da cidade.

Passarela do Caranguejo


Sendo o melhor lugar da cidade para experimentar o caranguejo tradicional de Sergipe, esta é uma das áreas mais movimentadas à noite, com várias opções de bares e restaurantes. Para chegar ao local, basta procurar por um caranguejo gigante em algum lugar da Orla do Atalaia.

Mundo Maravilhoso da Criança


Quem vai viajar com criança precisa tirar um fim de tarde para conhecer este lugar. Estamos falando de um parque ao ar livre, com entrada gratuita, também na Orla de Atalaia. Lá, tem balanço, escorregador, uma minipista de kart e outros brinquedos, alguns pagos. Enquanto as crianças brincam, você aprecia a vista.

Praia de Aruana


Esta é uma das praias mais bonitas da capital, com longa faixa de areia branca, além de mar tranquilo, quentinho e com tonalidade azul. Fica logo depois da Praia de Atalaia, sendo muito frequentada por famílias, pois tem ótima infraestrutura para quem quer ficar na areia.

Praia do Mosqueiro


Também com mar tranquilo, esta praia é muito frequentada por quem gosta de esportes aquáticos, como o stand-up paddle. Não costuma ficar muito cheia, apesar de ter bons bares e restaurantes. Fica pertinho da Orla Pôr do Sol, outro lugar que você não deve deixar de visitar em, pelo menos, um final de tarde.

Croa do Goré


A ilhota que se forma no delta do rio Vaza Barris quando a maré está baixa também é um lugar imperdível, com água doce e quentinha, além de uma paisagem que parece vinda de filme. Para ir até lá, você deve pegar um barco na Orla Pôr do Sol. Não precisa levar caixa térmica, já que há bares ali.

Ilha dos Namorados


Se for à Croa do Goré, você pode aproveitar para conhecer a Ilha dos Namorados no mesmo dia, já que ela também fica no rio Vaza Barris, separada do mar por uma porção de areia branquinha, o que favorece a formação de piscinas naturais deliciosas.

Museu da Gente Sergipana


Visitar um local também é uma oportunidade de conhecer mais sobre a cultura dele, não é mesmo? Então, tire algumas horas para visitar este museu, que funciona às margens do Rio Sergipe e é o primeiro multimídia do Nordeste.

Em cada sala, você pode conhecer um pouco mais sobre um aspecto da cultura sergipana. Vale aproveitar para fazer um passeio de barco pelo Rio Sergipe. Para quem gosta de pedalar, há vários quilômetros de ciclovia às margens dele.