Impostos pagos por profissionais de TI como PJ em São Paulo!

Com a alta carga tributaria varias empresas que tem a área de TI resolvem reduzir a carga tributaria com a contratação de empresas PJ (Pessoas Jurídicas) que na verdade são empresas de uma pessoa só isso com o intuito de redução de carga tributaria que pode chega ate mais 100% do salário de um profissional, com, isso profissionais que era a pouco tempo CLT tem que enfrenta a complexa legislação tributaria brasileira, vamos mostra como e cada regime tributário e suas características.

TI

MEI – O Micro empreendedor individual e um programa que tem como objetivo regulariza empresas que tem receita bruta anual de ate 81 mil reais e apenas registro de 1 profissional e para atividade que tem uma informalidade, tem como características que os mesmo tenha baixo conhecimento intelectuais (formação profissional), assim profissionais de tecnologia da informação não pode paga impostos nessa categoria de tributação simplificada.

Simples Nacional – na categoria simples nacional que tem como limite empresa que tem faturamento anual de ate 4,8 milhões e não tem limite de funcionários sendo que a tributação e sobre a receita bruta da empresa sendo, pois tipos de tributação:

Profissionais que e da área de suporte que se enquadra no anexo III e tem um recolhimento inicial de 6% sobre receita com alíquota crescente, além disso tem isenção de pagamento de INSS sobre a folha de pagamento.

Profissionais da área de desenvolvimento que a tributação e a partir de 15,5% sobre a receita e não tem isenção para o INSS sobre a folha de pagamento, porem tem uma situação que as empresa de desenvolvimento pode se beneficiar que as empresas que tem ate 28% de folha de pagamento sobre a receita bruta assim sendo essas empresas pode.

Lucro Presumido – Já empresa que tem receita Bruta anual maior que 4,8 milhões anuais não pode ser enquadra no Simples Nacional, essa tributação leva como base uma presunção de receita sobre a Receita Bruta, no caso da área de Tecnologia da informação em geral e de 32% sobre uma presunção de lucro se aplica impostos federais como IRPJ e Contribuição Social além de impostos como ISS ( que varia de cidade para cidade e PIS e COFINS que e pago sobre a Receita Bruta

Lucro Real – E um regime tributário que e obrigatório para empresas que tem receita bruta maior que 48 milhões de reais anual, esse regime e usado por 90% das grandes empresas, sendo a fiscalização e apuração de impostos muito complexa.

IRPF – uma das poucas vantagens dos profissionais e empresários e que todo lucro recebido pela empresa e isento de impostos de renda, sendo que trabalhadores CLT tem impostos retido na fonte de ate 27% sobre os rendimentos.

Por ter tantos regimes de tributação, ao escolhe um regime de tributação inadequado pode prejudica o lucro e fluxo de caixa de qualquer empresa, por isso escolhe um escritório de contabilidade especializado na área de TI, dês do começa da empresa vai fazer total diferença no sucesso ou não da empresa e crescimento.