5 pontos históricos da cidade de São Paulo

Capital paulista abriga locais importantes, construídos ao longo de mais de quatro séculos.

A cidade de São Paulo é conhecida por ser o centro econômico do Brasil, mas ela também se destaca por sua diversidade cultural e gastronômica. Engana-se quem pensa que a capital é feita apenas de arranha-céus.

Cidade de São Paulo

Quem planeja visitar a capital comprando uma passagem da 1001 tem várias opções para escolher. Saindo do Rio de Janeiro, o bilhete pode ser adquirido por a partir de R$45. Já com saída de Campos dos Goytacazes, o preço da passagem parte de R$129,99.

Conheça alguns dos pontos turísticos históricos que existem em São Paulo, que oferecem a chance de o visitante conhecer mais sobre a história da cidade.

Praça e Catedral da Sé


Esse é um dos locais mais importantes de São Paulo. A praça guarda o Marco Zero da cidade, um monumento de mármore construído em 1934. Hexagonal, ele tem o mapa das estradas que partem de São Paulo e cada um de seus lados simboliza uma cidade ou estado brasileiro que tem conexão com a capital.

A primeira versão da catedral data de 1591, erguida quando o cacique Tibiriçá definiu o local onde seria construído o primeiro templo da cidade. Com o passar dos séculos, ela ganhou o status de catedral e foi reconstruída algumas vezes. A versão mais recente foi entregue em 1913.

Outra atração do lugar é a cripta, aberta à visitação desde 1919. Ela tem trinta câmaras mortuárias e abriga os sarcófagos de bispos e arcebispos da cidade. Ela também guarda os restos mortais do cacique Tibiriçá e do padre Feijó, regente do Império. É necessário agendar visita para conhecer o lugar.

Edifício Martinelli


Inaugurado em 1929, esse foi o primeiro arranha-céu construído na América Latina. O projeto foi do italiano Giuseppe Martinelli e tornou-se um marco da cidade, além de ser uma referência arquitetônica e histórica para o país.

O local é aberto para visitação e conta com um mirante que oferece ao público uma bela vista da cidade.

Pátio do Colégio


Trata-se do local em que São Paulo nasceu. Originalmente, era uma cabana de pau a pique em que moravam 13 jesuítas, entre eles Padre Manoel da Nóbrega e José de Anchieta. Foi o ponto de partida da Vila São Paulo de Piratininga . A cerimônia de fundação da capital ocorreu em 25 de janeiro de 1554, com o nome da cidade mudando para São Paulo.

Hoje o complexo é dedicado a atividades culturais. Ele conta com um museu que expõe coleções de arte sacra, objetos indígenas, pertences de Anchieta e uma maquete de São Paulo no século XVI. Ele ainda abriga uma pinacoteca, o que torna o passeio até lá ainda mais enriquecedor.

Mosteiro de São Bento


Mais um ponto para quem quer conhecer os pontos históricos da capital. A chegada dos beneditinos em São Paulo data de 1598, mas a Abadia e a capela dedicadas a São Bento foram construídas apenas em 1634. O local também abriga a Basílica de Nossa Senhora da Assunção.

Outras atrações são o teatro, em que ocorrem concertos musicais e outros eventos, além da lojinha de quitutes feitos pelos próprios monges do mosteiro. Bolos, pães, doces e biscoitos atraem os visitantes e são garantia de um passeio em que você não passará fome.

Estação da Luz


Inaugurada em 1901, a construção foi inspirada pela Abadia de Westminster, em Londres. Sua arquitetura chama a atenção dos visitantes até hoje, sendo esta a estação pela qual muitos imigrantes e figuras notáveis chegaram à cidade durante o século XX.

Além da própria estação, o visitante pode dar um pulinho no Museu da Língua Portuguesa e na Pinacoteca, localizados nas proximidades.