Sofá modulado: vantagens e como escolher o ideal

Saiba por que investir em um e o que deve ser considerado na hora da compra

Sofá modulado

Escolher os móveis é parte importante da decoração de qualquer espaço, seja ele na área interna, seja na área externa. Tudo depende do seu estilo e objetivos, mas os móveis modulares são boas opções, especialmente por conta de uma de suas características básicas: podem ser montados de várias formas.

Entre os modelos de sofá disponíveis no mercado, esse é um dos mais procurados e, se você ainda não o conhece, deveria. Para te ajudar, destacamos as principais vantagens desse tipo de móvel e um pequeno guia para fazer a melhor escolha para o seu ambiente.

Geométrico, funcional e versátil


Entre as principais vantagens de um sofá retrátil está a sua versatilidade, ou seja, a capacidade de se adaptar aos mais diversos ambientes. Por ter formas geométricas, esse modelo de sofá oferece mais de uma possibilidade de moldagem, o que faz com que o móvel possa ser montado da maneira mais conveniente para o espaço.

As dimensões desse sofá podem variar de acordo com a montagem. Ele pode ser moldado aproveitando aquele cantinho da sala e fica ótimo em cômodos pequenos. O que não quer dizer que ele também não seja uma boa opção em ambientes maiores, aproveitando o espaço com mais liberdade.

A versatilidade desse tipo de móvel se mantém mesmo depois que ele está arranjado. Como também costuma ser facilmente desmontado, é possível mudar a posição dos móveis para dar uma nova cara ao ambiente ou para adaptá-lo a alguma necessidade temporária, como receber convidados.

Como os módulos não precisam necessariamente ser posicionados juntos, você pode, inclusive, ter mais de um sofá. Basta colocar os módulos separadamente em diferentes áreas do cômodo ou da casa.

Essa explicação já antecipa a outra grande vantagem desse tipo de móvel: a funcionalidade. A adaptabilidade permite que esse sofá seja posicionado sempre da forma mais prática possível, deixando mais espaço para circulação ou dando mais conforto para assistir TV, por exemplo.

Dependendo de como são posicionados, esses modelos de sofá também podem dar continuidade a outros móveis. Você pode, por exemplo, usar um sofá modular para aumentar a sua cama ou colocá-lo exatamente do lado daquela mesinha que vai servir de aparador.

Como fazer a escolha certa


Agora que você já sabe porque deveria investir em um sofá modulado, é hora de ficar atento ao que precisa considerar na hora de comprar o seu. É verdade que esse é um móvel que se adapta ao ambiente, mas isso não quer dizer que qualquer um é adequado ao que você precisa.

Há várias opções de cores e revestimentos e são essas características que vão fazer o sofá “conversar” com o restante da sua decoração. O acabamento também é importante e depende do seu estilo. Se o seu espaço tem elementos mais clássicos, o sofá deve ter um acabamento mais elegante.

Além do estilo, é importante pensar no tamanho. Em geral, é possível fazer a sua compra por módulos, o que significa ser necessário medir o ambiente onde pretende colocar o móvel. Assim, você consegue saber de quantas peças vai precisar e também qual é o tamanho máximo ou mínimo que elas podem ter.

Outro ponto que você deveria considerar é a qualidade, lembrando que estamos falando de um bem durável. Isso porque, às vezes, o barato pode sair caro. É importante fazer uma boa pesquisa de preço para escolher a melhor oferta, mas desconfie de modelos muito mais baratos que os outros da mesma categoria.

Essa dica é especialmente importante se você pretende mudar a decoração frequentemente conforme a necessidade. Os módulos precisam ser de boa qualidade para não se quebrarem durante a desmontagem e remontagem.