Vale a pena comprar semijoias? Descubra as principais vantagens

Os acessórios representam a “cereja do bolo” no visual de qualquer mulher, seja vaidosa ou não. Afinal, mesmo aquelas pessoas que se dizem livres de vaidade, em algum momento são pegas com pulseiras, anéis e colares, por exemplo. Apresentar sempre o mesmo look é monótono, mas também não dá para desfilar uma roupa diferente todos os dias. É nessa hora que os adornos entram para dar aquele brilho especial na parte estética. Neste ponto, as semijoias são as mais vantajosas para compor o modelito, independentemente da ocasião.

Vale a pena comprar semijoias

Portanto, sim, vale a pena comprar semijoias e você vai entender quais são as principais vantagens desses objetos. No entanto, é preciso esclarecer o que caracteriza uma semijoia. Apesar do nome dar a impressão de não se tratar de um item valioso, essa percepção está equivocada. Afinal, estamos diante de acessórios que são folheados a ouro ou prata e apresentam ótima durabilidade, com custo-benefício vantajoso. Quando bem construídas, as semijoias deixam qualquer mulher de queixo caído frente a sua beleza.

Semijoia é bijuteria? Entenda qual é a diferença entre joia, semijoia e bijuteria:

Não, semijoia não é bijuteria. Esta última representa um acessório feito com material de baixa durabilidade e descartável após algum tempo de uso. As bijuterias podem ser compostas por plástico, inclusive. Entenda a diferença entre joia, semijoia e bijuteria:

Joias: são peças confeccionadas inteiramente com metais nobres (ouro, prata, platina, titânio, etc.). Além disso, costumam carregar pedras naturais e raras, como diamante, safira, rubi e esmeralda. Comumente apresenta design exclusivo.

Semijoias: esses acessórios são bem semelhantes às joias. No entanto as peças são banhadas com metais nobres e não oxidam ou descascam com facilidade. Elas podem conter pedras naturais ou zircônia de alta qualidade, ambas cravejadas no metal. São peças incrivelmente duráveis e com ótimo acabamento, não deixando nada a desejar para outros itens de luxo.

Bijuteria: são adornos simples que podem conter uma camada bem fina de metal nobre em sua superfície. Sempre descascam e se tornam descartáveis ao longo do tempo. As pedras podem ser feitas de plástico ou vidro. Funcionam bem para imitar algum acessório de maior qualidade, porém sem garantir a mesma qualidade.

Semijoia é bijuteria

Principais vantagens de comprar uma semijoia

Logo de cara, a principal vantagem de uma semijoia está no custo-benefício. Como foi mencionado anteriormente, trata-se de um item durável, de ótima qualidade e feito com materiais nobres. Não é à toa que o mercado do setor foi um dos que mais cresceu na pandemia. O preço de uma peça é bem mais em conta do que o de uma joia semelhante, sendo que a durabilidade e o efeito são praticamente os mesmos.

Inclusive, caso o acessório escureça com o passar dos anos e diante do uso constante, basta utilizar o material correto para limpeza  para que ele recupere seu brilho. Isso evidencia outras vantagens, como a durabilidade do produto, a facilidade dos cuidados e a ótima qualidade.

As semijoias apresentam maior variação de modelos do que as joias comuns. Além disso, elas não oferecem riscos de alergia e de danos à pele de quem utiliza. Em outras palavras, vale muito a pena investir em sua coleção de semijoias.