A importância da humanização das marcas

A humanização das marcas é uma das principais tendências do marketing nos últimos tempos, e um jeito novo das empresas se aproximarem dos seus clientes e colaboradores. 

humanização das marcas

Apesar de parecer fácil, a maioria das empresas ainda mantém uma relação apenas de compra e venda com seus clientes, e não conhecem essa nova prática.

A seguir entenderemos melhor o que é a humanização das marcas, veremos o porquê dessa humanização ser tão importante e algumas dicas de como humanizar uma marca. 

O que é humanização das marcas?

Humanizar uma marca é aproximá-la do humano, como o próprio nome já diz, ou seja trazer emoção, ações humanas, histórias e experiências para o público. 

Seu maior objetivo é criar uma relação com o público para que eles se identifiquem com a marca e seus produtos ou serviços. 

Uma das ferramentas mais usadas para a humanização da marca é usar a arte de contar histórias, sejam elas reais ou inventadas.

Porém, a empatia do consumidor com a marca é algo que precisa ser construído, não surgirá rapidamente. Essa construção ocorre a todos os momentos, não apenas no ato da compra.

Para isso, é usado o que chamam de marketing de preocupação, que nada mais é do que a atenção com todo e cada um dos clientes e indivíduos.

Por que é importante humanizar as marcas?

Humanizar uma marca é uma estratégia de longo prazo, pois trabalha a experiência e o relacionamento com o usuário, isso pode aumentar as chances de fidelização dele como cliente.

Aplicando estratégias de marketing inteligentes e bem elaboradas, é possível adquirir diversas vantagens com essa prática, entre elas estão:

Mais reconhecimento no mercado

Humanizar uma marca requer construir uma presença forte. O sucesso dessa estratégia depende de um bom plano de marketing de conteúdo, ou seja, desenvolver o hábito de agregar valor ao produto.

O marketing de conteúdo é um segmento do mercado que migrou para as plataformas online, comportamento causado pela explosão da tecnologia digital.

Onde pequenos dispositivos podem acessar jornais, artigos, canais oficiais de empresas e instituições financeiras.

Os produtos tecnológicos atuais, precificados para serem acessíveis ao consumidor doméstico, permitem transferências bancárias, leitura de livros, aquisição de Ltcat individual e outros produtos.

A humanização da marca é uma tarefa que requer contato direto e frequente com os usuários, estabelecendo uma imagem de autoridade e tornando as empresas mais competitivas.

Alto índice de satisfação do cliente

Os consumidores podem sempre utilizar uma marca humanizada e interagir com ela em uma linguagem que se adeque às suas preferências, opiniões e necessidades.

Por isso, a empresa tem investido em seus serviços. Os índices de satisfação do cliente podem ser abordados por meio de estratégias de humanização da marca.

Pois, tratam de questões como a falta de comunicação de informações e a falta de agilidade nos canais de atendimento de renovação CNH provisória, por exemplo. 

Boas experiências levam os clientes a voltarem às lojas, buscando ter o mesmo tratamento ou até melhor com a marca em questão, virando assim, clientes fiéis da marca.

Marca sempre atualizada

Dadas as ações necessárias para humanizar uma marca, é seguro dizer que as empresas que focam nessas questões têm uma melhor compreensão de seus clientes ideais.

Isso é uma vantagem por si só, ajudando a organizar enquetes, promoções e pesquisas de interesse público, mantendo a marca atualizada sobre os temas mais relevantes para seu público.

Estratégia de atração aprimorada

Uma funerária de cremação precisa de uma estratégia de marketing que não atrapalhe e nem seja evasiva com os clientes em potencial.

Respeitar a sua privacidade e demonstrar sensibilidade ao impacto dos seus serviços na vida dele é essencial.

Para isso, veio o marketing de atração, também conhecido como inbound marketing, que é um conjunto de técnicas para ganhar o interesse dos clientes.

Uma abordagem humana potencializa os resultados dessas técnicas, até de uma empresa de manutenção de energia solar residencial baixo custo, por exemplo.

Melhorar as relações na empresa

Humanizar a marca também pode funcionar como um processo interno para melhorar o relacionamento entre a empresa e seus colaboradores.

Afinal, é mais valioso do que qualquer marketing quando os funcionários também defendem a empresa para a qual trabalham.

Sendo assim, seja ela de hambúrguer entrega ao domicílio, ou qualquer outra coisa. Uma marca humanizada também testa a imagem da pessoa por trás da marca, desde fundadores e diretores até funcionários e outros colaboradores.

Influenciar clientes

Cada empresa tem seu tipo de cliente, e deve conhecê-lo bem, isso fará com que eles se sintam especiais e ajudará a mantê-los mais próximos da marca.

Esses clientes podem se tornar promotores da empresa, ajudando a divulgar produtos e serviços de forma especial.

Eles são como embaixadores da marca e têm o poder de influenciar outras pessoas ao seu redor a se tornarem clientes também.

Para aproximá-los de você, procure oferecer vantagens exclusivas que demonstrem o quanto eles são especiais para a empresa. 

Por exemplo, desconto na lavagem de tapetes grandes, Isso fortalece o vínculo e permite que a parceria continue.

Como humanizar minha marca?

Para criar uma marca humanizada e assim se aproximar do cliente e se conectar com ele, uma marca deve:

  • Trabalhar nos seus propósitos;
  • Falar com seu público na mesma linguagem;
  • Resolver rapidamente os problemas dos clientes;
  • Oferecer atendimento personalizado;
  • Adotar a inclusão;
  • Valorizar seus colaboradores;
  • Ter ética e transparência.

Grandes negócios vêm apostando nesse novo método para se manterem atuais na era digital, como:

Bancos

Para cumprir metas como as de desburocratizar os serviços financeiros, muitos bancos usam algumas estratégias de humanização de suas marcas.

Como apresentar uma linguagem menos formal, que o aproxime de seus clientes, fazendo com que eles se vejam que são essenciais para a empresa.

Alguns bancos também usam o fator surpresa para atrair e garantir a fidelidade de seus clientes, enviando cartas e mandando brindes personalizados.

Lojas de varejo

A criação de personagens revitalizou muitas marcas e gerou grande aproximação com seus públicos, mesmo na venda de perfil de alumínio para porta.

A comunicação descontraída desses personagens tanto nas redes sociais quanto nos apps e e-mails, gerou grande simpatia nos clientes e aumentou ainda mais os benefícios da estratégia de humanização.

E assim como nos bancos, essas empresas de varejo criaram sistemas de atendimento personalizados tanto em seus meios de comunicação virtuais quanto físicos.

Características de marcas que encantam o público

A responsabilidade social, é uma das características essenciais que as marcas devem ter para se humanizar e criar uma conexão real com seus usuários.

Ela se refere ao compromisso de uma empresa com seus colaboradores, consumidores e com o meio ambiente como um todo.

Por exemplo, as empresas socialmente responsáveis ​​estão preocupadas com o fato de suas operações não impactarem o meio ambiente e garantirem condições de trabalho ideais para seus funcionários.

Precisamente, esses princípios de sustentabilidade e responsabilidade social são bem compreendidos entre os usuários hoje.

A acessibilidade, é uma das razões pelas quais cada usuário procura uma marca mais humana porque é muito mais simples interagir com ela, levantar preocupações, necessidades e até reclamações.

Humanizar uma marca significa deixar de lado a burocracia e as questões inacessíveis e passar para uma forma consistente e eficaz de resolver problemas.

Além disso, marcas com esse recurso devem responder rapidamente às avaliações dos usuários, agilizando o intervalo entre as resoluções e eliminando barreiras às reclamações e solicitações.

Para atingir essa premissa, as empresas aproveitam vários canais de interação digital existentes, como serviços de mensagens instantâneas e e-mail.

A comunicação natural e educativa é um outro fator característico de uma marca humanizada é a comunicação constante com os clientes e o público.

Com isso, a marca se torna autoridade em um tema específico e entrega valores como proximidade e transparência.

Quando se trata de comunicação, no entanto, as marcas que procuram um toque humano não devem escolher estruturas e métodos persuasivos e intrusivos que só querem vender e aumentar sua base de clientes.

Em vez disso, devem optar por métodos não intrusivos e sustentáveis, onde seu principal objetivo, além de criar oportunidades de negócios, seja informar, educar e agregar valor ao mercado e aos clientes.

Considerações finais

Sendo assim, ter autoridade no assunto, se atentar para o bom estado do produto e até mesmo atuar na agenda social tornou-se um ponto de vista positivo.

As empresas que não sabem lidar com isso são corroídas pela concorrência. Portanto, pode-se dizer que a marca deixa de ser um simples negócio de limpeza de toldos e fachadas e finalmente entra na vida das pessoas.

Mas, a efetivação da humanização de uma marca só dará certo se houver a colaboração entre a marca, investidores, funcionários, fornecedores e toda a comunidade.