Como escolher a máquina de lavar ideal para você

Preço, qualidade, tempo de garantia, as medidas da lavanderia: principais parâmetros antes de comprar uma máquina de lavar roupas.

Embora tenha sido inventada por volta dos anos 1870 e após mais de um século de uso a máquina de lavar se tornou um dos eletrodomésticos mais necessários e indispensáveis nos lares. 

Máquina de lavar

Um dos principais afazeres do dia a dia que antes poderia tomar algumas boas horas de trabalho, hoje é realizado em menos tempo e garante uma limpeza mais eficaz para peças mais pesadas, por exemplo.

Há algum tempo que você percebe que sua máquina de lavar não consegue completar os ciclos de lavagem, enxágue e centrifugação. As roupas estão saindo mais úmidas do que deveriam quando retiradas da máquina. Após muita dor de cabeça, ao pedir a avaliação de uma assistência técnica, concluiu que vale mais a pena trocar a sua máquina.

Por isso, se você já começou a pesquisar os melhores modelos de máquinas de lavar, para aproveitar as promoções de fim de ano e trocar a sua, confira algumas dicas que te ajudarão a escolher qual é a melhor para você e não ter aborrecimentos após a compra. 

Medidas e pessoas


Como a máquina de lavar não é dos eletrodomésticos mais baratos, é essencial conferir as medidas do cômodo em que ela vai ficar, como também pesquisar quais são as dimensões das máquinas que você está pensando em adquirir.

Além de facilitar a instalação do eletrodoméstico, esse fator é primordial para evitar transtornos para futuras trocas ou devoluções.

Outro item essencial é pensar qual é a quantidade de roupas que vai lavar as roupas na máquina. Famílias maiores precisam de máquinas mais potentes e com maior capacidade (10 kg), já as pessoas que moram sozinhas podem optar por modelos menores (até 3 kg).

Importante analisar também qual é a frequência que você lava as roupas, o que pode exigir modelos mais duradouros. 

Automáticas e semiautomáticas


As máquinas de lavar automáticas permitem a programação de ciclos completos (enchimento da água, lavagem, enxágue e centrifugação), e ajudam a dosar a quantidade de amaciante e sabão de acordo com a quantidade de roupa.

Mais práticas e fáceis de usar, costumam ser mais caras e são mais indicadas para quem tem um cotidiano bastante corrido.

Já as semiautomáticas necessitam de seleção manual, que deve ser feita segundo o volume de roupa colocado. A principal vantagem é que elas são mais baratas, além de serem mais econômicas no que se refere ao consumo de água e energia elétrica

Medidas Abertura frontal e superior


Escolher entre esses diferentes tipos de abertura pode parecer detalhe, mas faz toda a diferença para quem tem crianças pequenas em casa ou sofre com problemas nas costas, ou nas articulações e não pode ficar agachando e carregando peso.

Enquanto as máquinas com abertura frontal funcionam com sistema de tombamento — que faz a lavagem a partir do atrito entre as diferentes peças de roupa, aquelas com a tampa superior oferecem mais comodidade e oferecem a possibilidade de interromper a lavagem a qualquer hora para que outras peças sejam colocadas na máquina. 

Mini lavadoras


Para quem está com o orçamento mais folgado e já perdeu algumas peças que acabaram danificadas na lavagem com as roupas comuns, vale pensar em adquirir uma mini lavadora.

Além de terem menores proporções e serem mais leves, o que as tornam mais práticas, elas apresentam baixo consumo de energia e de água e podem ser instaladas até no banheiro. Sendo super indicadas para lavar roupas íntimas e delicadas. Fique atento, pois a capacidade máxima deste modelo varia entre 1 e 3 kg de roupa.