Como escolher o biquíni ideal?

Confira quatro passos eficientes para encontrar o melhor biquíni para o seu corpo.

Praia e piscina são dois programas comuns dos brasileiros quando as temperaturas sobem. Afinal, antes mesmo do início oficial do verão já é possível tirar o biquíni do armário e aproveitar o clima. Entretanto, muitas pessoas têm dificuldade em encontrar modelos que funcionem em seus corpos.

Biquíni ideal

A busca pelo biquíni ideal precisa levar em conta peças confortáveis e com modelagens estratégicas. Isso porque um biquíni que fica saindo do lugar ou que não fornece a sustentação adequada para os seios pode atrapalhar toda a diversão, além de causar imprevistos.

Se você tem dúvidas de como encontrar um biquíni que atenda às suas necessidades, confira as dicas abaixo.

1. Olhe para o seu corpo


O corpo feminino costuma receber muitas críticas da sociedade. Como consequência, muitas mulheres deixam de olhar para si e o motivo por trás disso pode variar bastante. Então, antes de mais nada, olhe para o seu corpo, entenda as suas proporções. Você tem mais quadril ou seio? Seus ombros são largos? Como é a sua cintura? Identifique as suas características e veja quais te agradam mais.

2. Entenda as suas necessidades


Depois de fazer essa análise, ficará mais claro o que você quer evidenciar. Algumas mulheres que possuem seios pequenos gostam de biquínis com bojo e detalhes com babados para criar mais volume na região. Por outro lado, outras preferem manter o visual mais natural e apostam no modelo cortininha.

A moda, durante muito tempo, ditou algumas regras de acordo com o formato do corpo feminino. Entretanto, é possível sair desse manual e apostar nas necessidades que você reconhece. Nem toda mulher com quadris largos quer torná-los mais discretos, por exemplo, e não há problema.

Por isso, depois de identificar as suas proporções, é necessário avaliar o que você quer evidenciar ou não. Assim, ficará mais fácil escolher um biquíni que satisfará todas as suas necessidades, independentemente dos manuais da moda.

3. Conheça diferentes modelagens de biquínis


A indústria da moda desenvolve novas modelagens constantemente. Nesse sentido, é importante conhecer os modelos disponíveis no mercado e saber como eles se comportam no seu corpo. A seguir, elencamos algumas opções:

Seios grandes


Quem tem seios grandes precisa de sustentação. Isso pode ser obtido por meio de faixa torácica e alças largas. A modelagem tomara-que-caia costuma oferecer uma faixa lateral satisfatória, assim como o biquíni meia taça, que conta com alças largas.

Outro modelo que atende diversos corpos é o cropped: além da sustentação, ele é estiloso. Entretanto, se o seu objetivo é trazer atenção para os seios, ele pode não ser a melhor escolha, porque os mantém completamente cobertos.

Seios pequenos


Quem tem seios pequenos e quer criar volume na região deve apostar em peças com bojo ou babados. Além disso, biquínis estampados também criam a sensação de volume, enquanto cores lisas e escuras podem dar a impressão de seios menores. As modelagens triângulo e push-up são boas opções.

Por outro lado, as mulheres com seios pequenos que querem mantê-los naturais podem usar o famoso modelo cortininha, o cropped e o biquíni de um ombro só. Todos são estilosos e não influenciam a percepção do tamanho dos seios.

Quadril


A calcinha do biquíni com amarração lateral é um clássico e costuma ser combinada com o modelo cortininha. No entanto, nem todas as mulheres se sentem confortáveis nele.

Portanto, quem prefere uma cobertura maior pode apostar em calcinhas com laterais mais largas. O modelo hot pant também é uma excelente opção para quem busca estilo e conforto na região do quadril.

O fio dental é muito popular no Brasil, sendo usado por pessoas com os mais variados corpos. Outra modelagem que faz sucesso no país é o ripple, que tem a parte de trás franzida e é conhecido, popularmente, como “levanta bumbum”. Por fim, temos o asa-delta, que possui modelagem cavada e também está conquistando seu espaço.

4. Teste diferentes modelos


Agora que você conhece as principais modelagens de biquíni e sabe o quer evidenciar no seu corpo, é momento de testar diferentes modelos e analisar como eles vestem. Assim, você conseguirá perceber se alcançou o efeito desejado ou se ainda precisa testar mais peças. Além disso, saiba que as marcas podem variar bastante em modelagem e numeração.